nov 30 2019

SAÚDE DE TRAJANO E DISTRITOS JUNTOS NO “DIA D” DE VACINAÇÃO CONTRA O SARAMPO (30)

Neste sábado (30), está sendo realizada em Trajano de Moraes e nos distritos o “Dia D de vacinação contra o sarampo”. A data é uma mobilização para estimular pessoas a se imunizarem contra a doença, cujos casos vêm crescendo no país nos últimos meses. De acordo com o secretário municipal de Saúde, Lucas Esteves, os Postos de Saúde estão abertos para receber os interessados em se proteger contra o sarampo ou que não tenham tomado todas as doses.

“O Dia D faz parte da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo, lançada no dia 7 de outubro pelo Ministério da Saúde, em parceria com secretarias estaduais e municipais. Esperamos cumprir a meta em Trajano e nos distritos. Essa campanha tem total apoio do prefeito Rodrigo Viana”, disse O secretário.

Adultos na faixa etária 20 a 29 anos são maioria entre os casos registrados. “Segundo dados recentes, eles respondem por 30,6% do número total de casos de sarampo no Brasil. Nesta fase, o Ministério da Saúde espera vacinar 9,4 milhões de pessoas. A campanha nacional de vacinação contra sarampo teve início em 18 de novembro. Espero que possamos bater a meta aqui em Trajano”, acredita o secretário.

  1. SARAMPO:
    Causado por vírus, o sarampo é uma doença infecciosa grave, que pode levar à morte. A transmissão ocorre por via aérea, ou seja, quando a pessoa infectada tosse, fala ou respira próximo de outras pessoas.

Mesmo quando o paciente não morre, há possibilidade de a infecção ocasionar sequelas irreversíveis. Quando a doença ocorre na infância, o doente pode desenvolver pneumonia, encefalite aguda e otite média aguda, que pode gerar perda auditiva permanente.

Os sintomas do sarampo são febre acompanhada de tosse, irritação nos olhos, coriza (nariz escorrendo ou entupido) e mal-estar intenso. Quando o quadro completa de três a cinco dias, podem aparecer manchas vermelhas no rosto e atrás das orelhas.

A prevenção ao sarampo, feita por meio da vacinação, é fundamental, já que não há tratamento para a doença. O tipo de vacina varia conforme a idade da pessoa e a situação epidemiológica da região onde vive, ou seja, é necessário levar em conta a incidência da doença no local. Quando há um surto, por exemplo, a dose aplicada pode ser do tipo dupla viral, que protege contra sarampo e rubéola.


Saúde, o Sistema Único de Saúde (SUS) oferece doses gratuitamente em mais de 36 mil salas de vacinação, localizadas em postos de saúde de todo o Brasil.

O governo brasileiro recomenda que pessoas na faixa de 12 meses a 29 anos de idade recebam duas doses da vacina. Para a população com idade entre 30 a 49 anos, a indicação é de uma dose.

DOENÇA ALTAMENTE CONTAGIOSA:

* O sarampo é uma doença altamente contagiosa que pode evoluir para complicações e levar à morte;
* Os principais sintomas são febre, manchas avermelhadas na pele do rosto e tosse persistente;
* A prevenção da doença é feita por meio da vacinação, e os especialistas reforçam que não há relação entre a vacina e o autismo.

Link permanente para este artigo: https://trajanodemoraes.rj.gov.br/saude-de-trajano-e-distritos-juntos-no-dia-d-de-vacinacao-contra-o-sarampo-30/

Skip to content