MUTIRÃO DE PLANTIO DE MUDAS NATIVAS E ENDÊMICAS NA FLOE DE TRAJANO TEM PARTICIPAÇÃO DO MEIO AMBIENTE

Imagina o plantio de quase 150 mudas acontecendo em um único dia de forma ordenada, na mesma área de preservação ambiental. Essa ação foi possível e aconteceu através do Mutirão de Plantio de Mudas Nativas ameaçadas e endêmicas. Tudo isso na Floresta Estadual José Zago – Floe, no bairro Represa em Trajano de Moraes. O evento foi uma realização do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), com apoio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

O mutirão faz parte do plano de ação 2021 do instituto, e contou com a presença do chefe da Floe, Ângelo Roberto Zago, da secretária municipal de Meio Ambiente, Jurema de Souza Grativol, popular Juju, além de funcionários. O programa de reflorestamento amplia visivelmente a cobertura e a vegetação no espaço, e amplia claramente as ações, sobretudo nos lugares tentando reduzir os efeitos, a exemplo do processo de erosão.

“Essa ação tem como meta aumentar o grau de preservação da Floe. Quanto mais densa mais preservada. Reflorestar mais de 150 mudas é colaborar de forma organizada com o meio ambiente. Quero agradecer a Ângelo Roberto Zago e os funcionários pelo cuidado com nossa floresta. Tenho certeza que nosso município agradece por tudo que é feito de forma positiva”, disse a secretária.

Iniciativas como essa merecem destaque por contribuir com a melhoria da qualidade de vida da população trajanense. “Quando o mundo se preocupa com os efeitos do aquecimento global, causado, sobretudo pela acumulação de gases que provocam o efeito estufa na atmosfera, ações de reflorestamento se apresentam como uma das providências necessárias e urgentes para tentar equilibrar a temperatura terrestre. Essa ação tem total aprovação do prefeito Rodrigo Viana e do vice Matias Mendes”, acrescentou ela.

A Floresta Estadual José Zago foi criada na área do antigo Horto Florestal, onde a paisagem é composta por fragmentos florestais em diferentes estágios de regeneração, responsáveis pela recuperação de nascentes e pelo retorno da fauna silvestre. Além da vegetação nativa, a área apresenta capacidade de desenvolvimento do manejo florestal sustentável e potencial para o turismo ecológico e de lazer, assim como para atividades voltadas à educação ambiental, possibilitando a compatibilização da conservação da natureza com o uso sustentável dos recursos naturais.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Link permanente para este artigo: https://trajanodemoraes.rj.gov.br/mutirao-de-plantio-de-mudas-nativas-e-endemicas-na-floe-de-trajano-tem-participacao-do-meio-ambiente/

Skip to content